5 maneiras de se aprender algo novo



Você já fez promessas para o ano seguinte, como aprender algo novo?


As resoluções de ano novo são sempre algo que muitos fazem com os amigos em fins de ano, ou para evoluir profissionalmente ou melhorar em algum ponto. Normalmente as pessoas escolhem algo diferente e desafiador para aprender.

 

Em sites de aprendizado online, é comum haver mais inscrições de alunos no fim do ano, mas o que se vê, é esse boom de inscritos e poucos que vão até o final do curso escolhido. Isso faz com que aquele tempo que o estudante poderia estar aprendendo alguma habilidade nova, se perca.

 

Mas quem desiste, acaba saindo na desvantagem. Atualmente está cada vez mais relevante fazer cursos extracurriculares para se destacar entre concorrentes no mercado de trabalho. De acordo com o um artigo do portal Harvard Business Review, de 50 mil alunos que fizeram curso online, 72% relataram benefícios na carreira, como fazer trabalho de uma maneira mais eficiente, conseguir um novo emprego ou receber um aumento salarial.

 

Também há o desafio de se aprender algo novo, o que o torna ainda mais difícil se for totalmente diferente do que você tem domínio. Porém há algumas maneiras de garantir sucesso no novo aprendizado, sem perder o interesse por ele.

 

Deste modo, separamos os 5 principais métodos de você aprender algo novo e promissor para a sua carreira:

 

  • Focar em habilidades relevantes: Antes de começar um curso, não deixe se seduzir pelo primeiro que achar em alguma plataforma, é importante analisar se você realmente precisa daquele conteúdo no momento e se tem alguma relevância para garantir um emprego que almeja. Trace um objetivo, veja as descrições das vagas desejadas e se o curso irá te oferecer um dos requisitos exigidos pela empresa. 

    Veja o Linkedin ou o portfólio de profissionais que assumem a liderança em algum setor de seu interesse e acompanhe as habilidades que eles possuem. Se possível, pergunte a eles, se poderiam recomendar um curso presencial ou online ideal para aquele tipo de cargo que você quer e como alcançar aquele objetivo, de maneira prática. 

    Decida também qual é o nível de conhecimento que você almeja obter ao final do curso escolhido. Como por exemplo, se você começa um curso de idiomas, como o mandarim e quer aprender o básico para uma conversa informal ou quer ser fluente para obter um cargo em uma empresa. Isso aumentará suas chances de garantir sucesso na habilidade escolhida.

 

  • Organização e planejamento: Algo considerado desvantajoso em cursos de Ensino à Distância (EaD), é a desmotivação, tendo em vista a falta de interação com outros alunos/professores. Além do aluno também correr o risco de perder aulas, por indisciplina e falta de organização, o que pode resultar na perda do estímulo por aquela habilidade.

    Atualmente os micro-aprendizados — o aproveitamento de ferramentas online onde e quando for necessário — anda adquirindo uma presença cada vez mais primordial na área de treinamento e desenvolvimento. Com pontos positivos como: fazer os seus próprios horários, ter mais liberdade com o conteúdo escolhido e também pode ser considerado um aprendizado mais fácil de digerir. 

    Por isso é essencial se organizar para as tarefas diárias do curso, sem deixar que as atividades se acumulem. Além de, cada vez mais, se empenhar em atividades assíncronas, ou seja, atividades solitárias. De acordo com pesquisas, quem tem “senso de isolamento”, pode se beneficiar em um ambiente de ensino à distância.

 

  • Tirar dúvidas: Por mais que os alunos de cursos online acabem aprendendo bastante conteúdo por conta própria, não se esqueça de pedir auxílio do professor do curso, se necessário. Não guarde dúvidas, pois isso pode comprometer o seu aprendizado no curso, resultando-se em lacunas daquele conteúdo. Busque também feedbacks sobre o seu desenvolvimento, assim você entenderá os pontos que você precisa melhorar.

 

  • Acompanhar o seu desenvolvimento: Divida as suas atividades em etapas e crie um cronograma para poder estabelecer metas e horários, acompanhando assim o seu desenvolvimento em meio ao aprendizado. Isso ajuda a analisar os pontos em que você tem mais habilidade ou menos. Por exemplo, não adianta querer desenvolver um aplicativo complexo para Android, se você ainda está em um curso básico de Android.

    Não só estabeleça metas nas aulas teóricas, como exerça também as atividades na prática, para que não haja um esquecimento do aprendizado tanto em um curso presencial, quanto em um online. Se você assiste uma semana de vídeos sobre diagramação em Adobe InDesign e depois de um tempo, não pratica alguma atividade naquela ferramenta, você certamente irá desaprender aquele conteúdo. É preciso ter um pouco de paciência para aprender as etapas do curso corretamente e não deixar de exercer as atividades no dia-a-dia. Isso te ajuda a manter o foco na habilidade desejada.

 

  • Definir o benchmarkOs alunos online precisam estar objetivados para obterem os resultados desejados no ensino. Portanto, é importante saber do retorno (dinheiro e tempo investidos) que obtiveram ao longo do curso, mesmo sendo difícil de avaliar a longo prazo. Por isso, manter o foco e ter uma meta específica o diferencia de outros candidatos. 

    É claro que o benchmark muda ao longo do percurso do aprendizado, pois é um processo que leva tempo e dedicação. Por isso, quanto mais esses novos conhecimentos vierem a se tornar uma rotina, menor a chance de você parar de aprender.

 

  • O que você quer para o seu futuro? Conheça os nossos cursos e estude com professores de universidades renomadas. Veja nosso catálogo e complemente sua carreira: www.tabula.com.br

Comentários

Sem Comentários